Notas Fiscais (NFe)

O módulo de Notas Fiscais permite incluir, assinar e transmitir uma Nota Fiscal Eletrônica (NFe) ao SEFAZ.

A NFe é um arquivo digital que contém todos os dados de uma nota fiscal e é assinado digitalmente, de maneira a garantir a integridade dos dados e a autoria do emissor.

Este arquivo eletrônico, que corresponderá à Nota Fiscal Eletrônica (NFe), é transmitido pela Internet para a Secretaria da Fazenda do estado da empresa emitente responsável pela nota fiscal.

  • Estar habilitado para a emissão de Notas Fiscais no SEFAZ do seu estado.
  • Ter o Certificado Digital configurado em sua conta. Saiba como configurar seu certificado digital.
  • Realizar a configuração da Natureza de Operação. Veja como configurar naturezas de operação.
  • Selecionar o ambiente de envio das Notas Fiscais (Homologação/Produção).

Observações:

  • Antes de realizar a emissão da Nota Fiscal Eletrônica, acesse Menu → Configurações → Aba Geral → Dados da empresa, verifique se os campos CNPJ, Inscrição estadual e Código do regime tributário estão preenchidos corretamente.
  • Aos emitentes de Notas Fiscais, que se encontram no estado do Paraná, antes de emitir suas notas é necessário que tenha realizado sua Habilitação junto ao SEFAZ do seu estado.

Passo a passo

1

O Tiny permite a emissão de notas fiscais de testes (sem valor fiscal - homologação) e notas fiscais com valor fiscal (produção). Ao acessar Menu → Configurações → Aba Vendas → Configuração da Nota Fiscal Eletrônica (NFe).

2

Nesse local, é possível definir o Tipo de ambiente da NFe. Você pode deixar em Homologação para testar a emissão de suas primeiras notas e após, trocar este ambiente para Produção, para assim, emitir notas fiscais com valor fiscal.

1

Você encontrará nesta tela, todas as Notas Fiscais previamente cadastradas, com suas respectivas situações (Emitida Danfe, Autorizada, Pendente, Rejeitada).

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais, para cadastrar uma Nota Fiscal, clique no botão Incluir Nota Fiscal.

2

A primeira seção do preenchimento da Nota Fiscal, apresenta campos referente a Tributação e informações sobre do envio desta nota.

3

Em Destinatário, informe os dados do cliente, que será o destinatário desta nota. Caso o cliente já esteja cadastrado, o digitar as primeiras letras do nome, uma lista de nomes será exibida e, ao selecionar um cliente desta lista, os demais dados serão automaticamente preenchidos.

Observações:

  • Se for um cliente novo, pode-se digitar todos os dados dele nesta tela e, ao salvar, um cadastro será automaticamente criado e poderá ser usado em notas futuras.
  • O campo Lista de preço, refere-se ao preço dos produtos. Para saber como configurar listas de preços, acesse a ajuda Listas de preços.
4

Na seção Itens, adicione na Nota Fiscal os itens que pertencem a esse documento. Na aba imposto, pode-se conferir os impostos de cada um dos itens.

Para opções avançadas do item, clique no botão de Edição e altere demais informações do item, como o NCM, CFOP, impostos, etc.

5

Em Cálculo do imposto, apresenta os valores tributários que configurou em sua natureza de operação.

6

Em Transportador, defina a forma de envio dessa nota.

7

Na seção Pagamento, informe as condições de pagamento da nota.

8

Na seção de Dados adicionais, pode-se adicionar Observações sobre esse nota e ainda adicionar Marcadores para identificar a nota.

Observação:

No campo Observações do sistema, a mensagem presente neste campo é automaticamente puxada do campo Observações que se encontra na Natureza de Operação.
9

Ao finalizar o preenchimento da Nota Fiscal, clique em Salve.

10

Para poder autorizar a nota fiscal no Sefaz: Clique no Menu de contexto ao lado do número da nota fiscal salva → Autorizar no SEFAZ.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Mais ações → Receber pedidos do e-commerce.

Informações relacionadas

1

Acesse Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Compartilhar.

2

Para adicionar mais um e-mail de envio, separe por vírgula e insira o e-mail, sem espaços. Conforme o exemplo abaixo:

Adicionar e-mail

3

A configuração para que a DANFE seja enviada em formato PDF pode ser realizada em Menu → Configurações → Aba Vendas → Configurações do Envio de Documentos → Enviar PDF em anexo no envio de e-mails. Neste local, também pode ser definido se a DANFE será enviada no corpo do e-mail.

Pode-se definir os textos padrão para o envio de notas fiscais por e-mail, acessando Menu → Configurações → Aba Vendas → Configurações do Envio de Documentos → DANFE.

4

Se desejar enviar o boleto no e-email junto com a DANFE, realize a configuração acessando Menu → Configurações → Aba Finanças → Configurações do Envio de Documentos → Enviar boletos por e-mail junto com as notas fiscais e os pedidos de venda.

5

Ao selecionar Gerar link compartilhável, será gerado um link para compartilhamento.

6

Para enviar por e-mail a NFe, clique em Enviar por e-mail.

Observação:

Para poder compartilhar o pedido via WhatsApp, é necessário realizar a seguinte configuração em Menu → Configurações → Aba Geral → Configurações do Envio de Documentos e selecione a opção Sim no campo Compartilhar documento via Whatsapp.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais e clique no botão Autorizar pendentes.

Observação:

A função de autorizar as Notas Fiscais em lote também permite o envio de e-mail com as DANFEs e XMLs das NFes aos respectivos clientes.

Atenção!

Ao autorizar as notas pendentes em lote, serão autorizas todas as notas que se encontram nesta situação (Pendentes).
1

Atenção!

A opção de envio dos dados na NFe ao e-commerce estão disponíveis somente para as seguintes integrações: Amazon Fulfillment, Magento, SkyHub, AnyMarket, Tray (REST), Plugg.To, VTEX, Magalu (IntegraCommerce), Mercado Livre e ISET.
2

Se na configuração da integração com os e-commerces tenha selecionado no campo Enviar dados NFe a opção Manual, para enviar os dados da NFe ao e-commerce, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Aba Emitidas → Selecione as notas → Mais Ações → Envio de dados NFe para e-commerce.

Observações:

  1. Para o Magento é enviado a Chave de acesso, Número da nota e a Data de emissão da NFe.
  2. Na SkyHub, é enviado somente a Chave de acesso da NFe.
  3. Para AnyMarket, são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, Data de envio da nota, Número, Série, Inscrição Estadual e CFOP do primeiro item presente na NFe.
  4. Tray (REST), são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, Valor da Nota, CFOP do primeiro item presente na NFe e o XML.
  5. Plugg.To, são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, Data de envio, Número, Série e atualiza o status da venda para "Invoice".
  6. VTEX, são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, Data de envio, Número e Valor da NFe.
  7. Magalu (IntegraCommerce), são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, Data de envio, Número, Série e atualiza o status da venda para "Invoice".
  8. Ao Mercado Livre, são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, o CFOP do primeiro item presente na NFe e o XML.
  9. ISET, são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe, Número, Série e Data de envio.
  10. Na integração com a Nuvemshop, são enviados os seguintes dados: Chave de acesso da NFe e o Link do XML da NFe.

Sempre que precisar importar uma nota de transferência de mercadoria, saindo de sua empresa e com destino ao depósito do Fulfillment, o XML deverá ser importado em Menu → Vendas → Notas fiscais → Mais ações → Importar XML da NFe.

Após ter a nota importada corretamente no Tiny, siga os passos abaixo:

1

Clique no menu de contexto presente sobre a nota fiscal e após, em Lançar estoque.

2

Na janela que será aberta, selecione o depósito de saída das mercadorias e conclua o lançamento.

3

A partir desta ação o Tiny fará a remoção de estoque no depósito selecionado e entrará com a mesma quantidade no depósito do Fulfillment.

Para enviar em lote as notas para expedição, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Selecione as notas que desejar e clique Enviar para expedição.

Para enviar individualmente uma nota para expedição, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e clique Enviar para expedição.

Quando você enviar os pedidos para a expedição, eles ficarão identificados com o marcador de envio para expedição.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Clonar nota.

Observação:

Além da opção para clonar uma nota fiscal, o Tiny disponibiliza a opção de gerar uma nota fiscal de entrada usando os dados de uma nota fiscal de venda, através do recurso de clonar para uma Nota de entrada. Esta ação é possível ao clicar no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal de saída e selecionar Clonar para entrada.
1

O Tiny disponibiliza a opção de gerar uma nota fiscal de entrada usando os dados de uma nota fiscal de venda, através do recurso de Clonar para entrada.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Clonar para entrada.

2

Agora, no campo Natureza da operação selecione a natureza correspondente a emissão da nota e na seção Preço dos itens da nota selecione o preço que será atribuído aos produtos, entre as opções: Preço da nota fiscal ou Preço de custo.

3

O proxímo passo é clicar em Continuar e preencher os demais dados da nota para emissão.

Nos casos em que a Nota Fiscal foi cancelada e existe pedido de venda vinculado à ela, você poderá remover este vínculo para poder gerar uma nova nota fiscal para o pedido.

Para isso, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais. Na aba Canceladas, Localize na listagem a nota que deseja desvincular de um pedido de venda. Clique no Menu de contexto e escolha Desvincular Venda.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal que você deseja cancelar e selecione Cancelar NFe.

Atenção!

Ao tentar cancelar uma NF-e no Tiny, apenas montamos o XML do evento do cancelamento, conforme os dados preenchidos pelo usuário. Realizamos uma chamada ao SEFAZ, que processa e responde com o resultado deste procedimento. Para cancelar as notas fiscais fora do prazo de cancelamento, pedimos que você entre em contato com sua contabilidade, para que esta possa lhe informar o procedimento correto a ser realizado. O Tiny não aplica nenhuma validação adicional em relação ao tempo para cancelamento de NFe.
1

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Excluir nota.

Além deste caminho de exclusão individual de nota fiscal, é possível excluir várias notas fiscais ao mesmo tempo, acessando Menu → Vendas → Notas Fiscais → selecionando as notas que deseja excluir → Mais Ações → Excluir notas.

Atenção!

Notas fiscais que possuam estoque e/ou contas lançadas, não terão os lançamentos gerados a partir da nota fiscal eliminados de forma automática pelo sistema. Caso você queira excluir os lançamentos de estoque e/ou financeiros gerados a partir da nota fiscal que está sendo excluída, você pode usar as funções para estornar estoque e estornar contas antes de excluir a nota fiscal.
2

Também é possível excluir notas fiscais em massa ao agendar uma tarefa de Exclusão de Registros, acessando Menu → Início → Ferramentas → Aba Geral → Agendar Tarefas de Backup ou Exclusão de Registros e após isso, clique em Incluir tarefa.

Atenção!

Antes de realizar a exclusão das notas fiscais, é importante obter o backup e verificar o recebimento do arquivo no e-mail configurado. Para tanto, acesse Menu → Início → Ferramentas → Agendar Tarefas de Backup ou Exclusão de Registros → Incluir Tarefa, do tipo Backup.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Outras opções. Após isso, acesse Consultar situação da NFe.

Atenção!

Caso a nota fiscal tenha sido recebida e sua utilização autorizada pelo Sefaz, a situação da nota fiscal será modificada para Autorizada. Caso não tiver sido autorizada pelo Sefaz, a situação da nota fiscal voltará para a situação Pendente, após atualizar a tela permitindo assim, que você envie-a novamente ao Sefaz.
1

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Acesse a nota fiscal.

2

A seguir, clique no botão Editar. No campo Número, você poderá informar uma numeração ainda não enviada ao Sefaz, depois de informar, Salve a nota e Reenvie.

Atenção!

Após a inclusão da numeração correta na nota fiscal, as novas notas fiscais cadastradas terão sua numeração atribuída de forma sequencial.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Mais ações e clique em Inutilizar numeração.

Atenção!

As numerações inutilizadas ficarão visíveis em Início → Ferramentas → Inutilizações de NFes.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Imprimir DANFE.

Na tela a seguir, clique em Imprimir ou utilize o atalho do teclado (CTRL + ENTER).

É possível também imprimir DANFE das notas selecionadas, clicando em Menu → Vendas → Notas Fiscais → Selecione as notas que deseja imprimir → Imprimir DANFEs.

Além disso, imprimir DANFE das notas autorizadas em Menu → Vendas → Notas Fiscais → Imprimir DANFEs.

Observação:

Quanto à DANFE, há opção de salvar a mesma em PDF. Para isso, basta clicar no Menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Salvar DANFE em PDF.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Imprimir DANFE.

Na tela a seguir, no campo Layout padrão, selecione a opção Simplificado.

Agora, clique em Imprimir ou utilize o atalho do teclado (CTRL + ENTER).

É possível também imprimir DANFE das notas selecionadas em Menu → Vendas → Notas Fiscais → Selecione as notas que deseja imprimir → Imprimir DANFEs.

Observação:

A opção de impressão ficará salva e será utilizada como padrão na próxima vez em que você realizar a ação de imprimir.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Imprimir DANFE.

Na tela a seguir, no campo Layout padrão, selecione a opção Etiqueta.

Agora, clique em Imprimir ou utilize o atalho do teclado (CTRL + ENTER).

É possível também imprimir DANFE das notas selecionadas em Menu → Vendas → Notas Fiscais → Selecione as notas que deseja imprimir → Imprimir DANFEs.

Observação:

A opção de impressão ficará salva e será utilizada como padrão na próxima vez em que você realizar a ação de imprimir.

Para imprimir o relatório das notas fiscais, acesse dentro do módulo de notas fiscais em Mais ações → Imprimir relatório.

Na tela a seguir, clique em Imprimir ou utilize o atalho do teclado (CTRL + ENTER).

Dentro do módulo de notas fiscais Selecione as notas → Mais Ações → Imprimir etiquetas.

Observação:

Para que as etiquetas das notas selecionadas sejam impressas, é necessário informar o campo Quantidade na parte de Transportador/Volume na nota fiscal.

Para imprimir etiquetas dos Correios, acesse dentro do módulo de notas fiscais em Mais Ações → Imprimir etiquetas dos Correios.

Observação:

O aviso de recebimento poderá ser impresso ao clicar no Menu de contexto ao lado da NFe → Outras opções → Imprimir aviso de recebimentos

Para imprimir a etiqueta de transportadora, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Seleciona as notas → Mais Ações e clique em Imprimir etiquetas de transportadora.

Observação:

A impressão da etiqueta de transportadora pode ser realizada sem necessidade de incluir as notas em uma expedição.

Para referenciar o pedido de compra no XML de sua nota fiscal, acesse em Menu → Vendas → Notas Fiscais, localize e clique sobre a nota fiscal pendente. Agora, ao acessar a nota fiscal, clique em Editar.

Você deverá Editar cada produto incluído na nota fiscal e no pop-up lateral para edição dos dados referentes ao produto, acesse na aba Outros e preencha os campos Nº do pedido de compra e Nº do item no pedido de compra.

Lembramos que essa inclusão só pode ser feita para notas fiscais pendentes, notas fiscais que já foram autorizadas não é possível realizar edições.

Configurações

Se você precisar alterar o número da sequência da emissão da suas notas fiscais no Tiny, basta seguir os passos abaixo:

1

Acesse em Menu → Vendas → Notas Fiscais.

Escolha por Editar uma nota já cadastrada que se encontra na situação Pendente ou clique em Incluir nota fiscal.

2

Agora, com a nota aberta, localize o campo Número e adicione o número para continuar a sua sequência de emissão de notas fiscais.

Lembramos que esse número deverá seguir a sequência de números da emissão de notas fiscais da sua empresa. Por exemplo, se a última nota que emitiu foi 107 a emissão de notas pelo Tiny iniciará a partir do número 108 e seguirá a sequência automaticamente.

Observação:

A numeração que informar deverá estar de acordo com a sua série para emissão das notas fiscais. Caso não saiba qual número informar e nem a numeração da sua série, deverá verificar com a sua contabilidade.
3

A seguir, se é uma nova nota preencha as informações restantes e clique em Salvar.

Se for uma nota já preenchida e só necessitava da correção do número da NFe, basta clicar em Salvar.

4

Com a sua nota fiscal salva, poderá agora enviar e autorizar no SEFAZ.

1

Para iniciar a configuração acesse Menu → Configurações → Aba Vendas →Configurações do Envio de Documentos.

2

Na seção DANFE é possível configurar o assunto padrão e a mensagem de envio das notas por e-mail.

No campo Assunto padrão para envio da DANFE informe o assunto padrão do envio do e-mail. Abaixo, em Mensagem padrão para envio da DANFE insira a mensagem que será exibida no corpo do e-mail.

Além disso, ao clicar em Exibir variáveis disponíveis são listadas as variáveis que são possíveis de utilizar para completar as informações do e-mail.

Para enviar a DANFE em PDF em anexo no e-mail, Habilite a opção Enviar PDF em anexo no envio de e-mails. Em Enviar DANFE no corpo dos e-mails escolha por Habilitar ou Desabilitar a opção para enviar a DANFE no corpo do e-mail.

3

Ao final, Salve as configurações realizadas.

O campo Contribuinte, presente no cadastro de contatos no Tiny, corresponde ao campo Indicador da IE do Destinatário na Nota Fiscal Eletrônica e pode ser preenchido com as seguintes opções:

  • Se o cliente possui Inscrição Estadual e for Contribuinte de ICMS, selecione a opção Contribuinte ICMS.
  • Caso a Inscrição Estadual for ISENTO, selecione a opção Contribuinte Isento.
  • A opção Não Contribuinte, será utilizada para os clientes que podem ou não possuir Inscrição Estadual no Cadastro de Contribuintes do ICMS.

Atenção!

Atualmente, o sistema envia para o SEFAZ o campo Indicador da IE do Destinatário, quando a opção Não Informado está selecionada, da seguinte maneira:
  1. Caso o cliente possua Inscrição Estadual, é preenchido como Contribuinte ICMS.
  2. Se a Inscrição Estadual for ISENTO, será marcado como Contribuinte Isento.
  3. Se não será preenchido como a opção Não Contribuinte.

Esta é uma nova regra de validação aplicada pelo SEFAZ que, exige o preenchimento do campo Código Especificador da Substituição Tributária - CEST em operações com substituição tributária.

O preenchimento do código CEST, pode ser realizado no cadastro de Produtos ou diretamente na Nota Fiscal, caso o mesmo, não tenha sido informado no cadastro do produto.

Para preencher o código CEST dos produtos na Nota Fiscal:

  1. Acesse a Nota Fiscal, na seção Produtos, clique no botão Editar.
  2. Agora, na aba ICMS ou Simples (depende do regime tributário da empresa) informe o código CEST do item, no campo Código CEST e por fim, salve as alterações no botão Salvar.

Através da norma técnica 2020 006V1.0 - SINIEF 21/2020 e 22/2020 da SEFAZ, a partir do dia 05/04/2021, é obrigatória a inserção do intermediador da operação das vendas realizadas em canais de terceiros.

1

Primeiramente, é necessário realizar o cadastro dos intermediadores. Para isso, acesse Menu → Configurações → Aba Vendas → Cadastro de intermediadores.

2

Neste local, clique em Incluir intermediador.

3

Insira o Nome, CNPJ do intermediador da transação e o Canal de venda do intermediador.

4

Caso o CNPJ da instituição de pagamento seja diferente do intermediador da venda, preencha o respectivo campo. Caso contrário, deixe esse campo em branco.

5

Salve as configurações.

Depois que esse processo for realizado, você deve acessar a configuração de sua plataforma no Tiny e vincular os intermediadores cadastrados anteriormente. Para isso, acesse a configuração em Menu → Configurações → Aba E-commerce → Integrações e siga os passos abaixo:

1

Caso as suas operações ocorram através da integração direta com marketplaces (sem a intermediação de um canal de venda específico), acesse a aba Configurações da integração e no campo Intermediador, selecione o intermediador cadastrado anteriormente.

2

Porém, caso você utilize alguma plataforma como hub de integração, você poderá definir o intermediador diretamente no canal de venda (através da aba Canais de venda). Neste local, edite o canal de venda utilizado e no campo Intermediador, selecione o intermediador configurado.

Se você não definir os intermediadores diretamente no canal de venda, o intermediador utilizado será o padrão configurado na aba Configurações da plataforma, conforme mencionado no passo 1.

A partir do momento em que as configurações estiverem realizadas, os intermediadores serão identificados e inseridos automaticamente nos Pedidos de Venda e Notas Fiscais. Se você desejar alterar o mesmo ou inserir diretamente na venda, basta editar o pedido ou a nota no Tiny e após, no campo Intermediador, selecionar o intermediador desejado.

As instruções para configurar o ICMS desonerado, encontram-se na ajuda Configurar ICMS desonerado.

Esta opção é indicada para as empresas que realizam venda para clientes com endereço cadastrado em uma unidade da federação e solicitam a entrega em outro. Desta forma, ao gerar a nota fiscal o endereço que será impresso é o de entrega, assim o envio da mercadoria se dá de forma correta perante as leis do estado para recolhimento do ICMS.

Para habilitar este parâmetro acesse Configurações → aba Vendas → na seção Notas Fiscais, acesse Configuração da Nota Fiscal Eletrônica (NFe) e nas configurações adicionais localize a opção Substituir endereço do destinatário pelo endereço de entrega ao gerar a nota fiscal pela venda.

Observação:

Com este parâmetro habilitado, ao receber um novo pedido do e-commerce o endereço do cliente cadastrado no Tiny não será atualizado.

Se você emite notas ficais com produtos que pertencem a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Bicombustível), é necessário realizar as seguintes configurações em sua conta:

1

Primeiramente, habilite nas notas fiscais a opção Exibir campos referentes à combustíveis. Para isso, acesse Menu → Configurações → Vendas → Seção Notas Fiscais e clique em Configuração da Nota Fiscal Eletrônica (NFe).

2

Agora, na seção Configurações adicionais, clique em Exibir. Localize o campo Exibir campos referentes à combustíveis e selecione a opção Sim.

Salve a configuração realizada, clicando em Salvar.

3

Para incluir a nota fiscal, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais e clique em Incluir nota fiscal.

4

Informe os dados do cliente e adicione o(s) produto(s) em sua nota. Para configurar os tributos do combustível, na seção Produtos ou Serviços, clique em Editar para cada produto que estiver nesta nota.

5

Na tela a seguir, acesse a aba Combustível. Neste local, informe os códigos dos tributos do combustível.

A descrição do produto na DANFE e no XML da NFe, é correspondente ao código que informou no campo Código do produto na ANP. Com isso, a descrição oficial que o SEFAZ exige será impressa na DANFE e adicionada no XML.

1

Acesse Menu → Configurações → Aba Vendas → Configuração dos Marcadores nas Notas Fiscais. Após isso, clique em Incluir marcador.

2

Depois de incluir o marcador, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Marcadores.

Além disso, pode-se incluir os marcadores em lote. Para isso, Selecione as notas → Mais e clique sobre Incluir marcadores.

3

Após inserção dos marcadores, é possível filtrar e localizar as notas fiscais com base nos mesmos, usando a opção Filtros que se encontra no menu ao lado direito.

4

Caso seja necessário excluir um marcador, acesse Vendas → Configurações → Configuração dos Marcadores nas Notas Fiscais.

Agora, Selecione o marcador desejado → Excluir marcadores.

1

Configurar a integração com o Sigep Web, veja como configurar a integração com o Sigep Web.

2

Realize a configuração das etiquetas dos Correios, veja como configurar Etiquetas dos Correios.

3

Após realizar as devidas configurações, é possível gerar o código de rastreamento, para isso acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Incluir nota fiscal.

4

Preencha os dados da Nota Fiscal e na seção Transportador / Volumes, selecione a forma de envio Correios e selecione a Forma de frete após isso, automaticamente será gerado o Código de rastreamento e ao lado pode ser informada a URL de rastreamento.

Observação:

No campo Qtde Volumes pode-se configurar uma quantidade padrão para vendas, para isso acesse Menu → Configurações → Aba Vendas → Configurações dos Pedidos de Venda → Quantidade de volumes padrão.
5

Após Salvar e Enviar a Nota Fiscal, o envio do código de rastreio pode ser realizado acessando Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Enviar código de rastreio.

Emissões

Atenção!

Lembramos que é importante consultar o seu CFOP junto à sua contabilidade, pois o mesmo deve ter finalidade de devolução. Caso o CFOP não tenha finalidade de devolução, você deve preencher o campo Finalidade como NF-e normal.

A nota de devolução de compra é feita quando a empresa está devolvendo uma compra para o fornecedor, visto que os produtos da nota vão sair do estoque da empresa.

Devolução a partir de uma nota de entrada já emitida
1

Configure uma Natureza de operação (tipo saída). Caso não tenha configurado em sua conta, veja como configurar: naturezas de operação.

2

Acesse Menu → Suprimentos → Notas de Entrada. Para emitir a nota de devolução a partir de uma nota de entrada já emitida, localize a nota, acesse o Menu de contexto e clique em Devolver.

Nesta nota serão automaticamente preenchido os campos Finalidade e Chave de acesso da NF-e referenciada.

3

Agora, informe os dados da nota, Salve a mesma e Autorize no Sefaz.

Incluir manualmente uma nota de devolução
1

Configure uma Natureza de operação (tipo saída). Caso não tenha configurado em sua conta, veja como configurar: naturezas de operação.

2

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais, clique em Incluir Nota Fiscal e Selecione a natureza de operação correspondente a devolução (saída). No campo Finalidade selecione Devolução/Retorno, e no campo Chave de acesso da NF-e referenciada informe a chave da nota que está devolvendo.

3

Agora, informe os dados da nota, Salve a mesma e Autorize no Sefaz.

1

Primeiramente, configure uma natureza de operação. Caso não tenha configurado em sua conta, Veja como configurar: naturezas de operação.

Atenção!

Segundo orientações do Sefaz, o CFOP para nota de exportação deve iniciar com o número "7" e empresas optantes pelo "Simples Nacional", utilizam a situação tributária 300 - Imune. Já as optantes pelo "Regime Normal", utilizam a situação tributária 41 - Não Tributada. Lembramos que esses dados, deverão ser verificados junto à sua contabilidade.
2

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Incluir Nota Fiscal.

3

No campo Tipo de saída, selecione a opção Exportação.

4

Na seção Destinatário, no campo Tipo de pessoa, selecione a opção Estrangeiro.

5

Agora, preencha os Dados de exportação.

6

Após essas configurações, prossiga com preenchimento dos demais campos para a emissão da nota.

Observação:

Atualmente, apenas Notas Fiscais de Exportação Direta poderão ser emitidas. Notas Fiscais de Exportação Indireta não são emitidas através do Tiny.
1

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Acesse a nota fiscal. Se ao enviar a nota, ocorrer algum erro de indisponibilidade no Sefaz, é exibida a opção para utilizar o Ambiente de contingência no Tiny.

2

Uma segunda opção para trabalhar com este ambiente é em Vendas → Notas Fiscais → Mais ações → Ativar o modo de contingência NFe.

Atenção!

Recomendamos que você entre em contato com a sua contabilidade, para obter informações sobre a numeração das notas fiscais emitidas no modo de contingência, se as mesmas devem seguir a sequência normal da empresa ou se possuem uma sequência própria.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal a qual necessita complemento e selecione NFe Complementar.

Atenção!

É sempre importante verificar com a sua contabilidade se é necessário trabalhar com Nota fiscal Complementar ou Carta de Correção, pois ambas são documentos distintos.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Carta de correção.

Observações:

  • A carta de correção somente poderá ser transmitida quando vinculada à uma NFe autorizada, visto que não é possível editar/corrigir uma NFe cancelada.
  • Junto à carta de correção, para a impressão da mesma, clique no menu de contexto ao lado do número da Nota Fiscal que efetuou a correção e em seguida, em Outras opções. Nesse local, encontrará a opção do XML e impressão da mesma.
1

Veja como configurar a sua conta bancária, a mesma pode ser configurada com Carteira registrada ou Carteira sem registro, dependendo do banco utilizado.

2

Para imprimir boletos em Notas Fiscais, acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal → Imprimir boleto.

Observação:

Para conseguir imprimir o boleto, é necessário que na Nota Fiscal, na seção Pagamento, informe a condição de pagamento da venda e a mesma seja enviada para Contas a Receber.

Contas e Estoques

1

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Lançar contas.

2

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Selecione as vendas → Mais Ações e clique Lançar contas.

3

As configurações de lançamento de contas poderão ser efetuadas em Menu → Configurações → Aba Finanças → Configurações Gerais → Lançamento de contas.

Somente notas fiscais que não foram integradas aos módulos financeiro e/ou estoque podem ser editadas.

Atenção!

Se a configuração for realizada para lançamento automático de contas, essa configuração será atribuída somente para as novas vendas.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Estornar contas.

Atenção!

Somente notas fiscais que não foram integradas aos módulos financeiro e/ou estoque podem ser editadas.
1

Ao incluir a Nota Fiscal, na seção Dados adicionais selecione em qual depósito de estoque será realizado o lançamento de saída.

Observação:

Quando realizar o lançamento de estoque das notas fiscais em lote, a baixa será realizada no depósito selecionado nas notas fiscais.
2

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Lançar estoque.

3

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Selecione as vendas → Mais Ações e clique Lançar estoque.

4

Para configuração de estoque acesse Menu → Suprimentos → Configurações → Aba Suprimentos → Configurações de Estoque → Lançamento de estoque.

Somente notas fiscais que não foram integradas aos módulos financeiro e/ou estoque podem ser editadas.

Atenção!

Se a configuração for realizada para lançamento automático de estoque, essa configuração será atribuída somente para as novas vendas.

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota fiscal e selecione Estornar estoque.

Atenção!

Somente notas fiscais que não foram integradas aos módulos financeiro e/ou estoque podem ser editadas.

Importações e Exportações

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Mais ações → Importar XML da NFe.

Observação:

Além desse local, é possível realizar esta ação em Menu → Início → Ferramentas → Aba Importações → XMLs em Lote.

Para realizar a exportação das notas fiscais geradas em sua conta:

1

Acesse Menu → Vendas → Notas Fiscais → Mais ações e clique em Exportar Notas Fiscais.

2

Agora, escolha como deseja exportar as NFes entre as opções por XML, Planilha ou PDF.

3

Através da tela que será aberta, informe o Período das notas que você deseja exportar.

4

Caso deseje que as notas canceladas estejam presentes no arquivo gerado, logo abaixo, nas opções de Arquivo a exportar, marque a opção Exportar NFes canceladas.

5

Também é possível agrupar as notas por UF através do arquivo gerado, para isso, basta marcar a opção Agrupar notas fiscais pela UF do destinatário.

6

Após as parametrizações, clique em Download.

Adicione seu e-mail e teste o Tiny 30 dias gratuitamente

Este site usa cookies para gerar estatísticas e para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você declara que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.