Ajuda do Tiny | Notas de Entrada | Tiny ERP
Fechar
esqueci a minha senha
criar uma conta

Notas de Entrada

Com o módulo de Notas de Entrada será possível incluir, assinar e transmitir suas notas de entrada ao Sefaz como por exemplo notas que tiverem naturezas de operação de devolução, ajuste ou importação.

A NFe é um arquivo digital que contém todos os dados de uma nota fiscal e é assinado digitalmente, de maneira a garantir a integridade dos dados e a autoria do emissor.

Este arquivo eletrônico, que corresponderá à Nota Fiscal Eletrônica (NFe), é transmitido pela Internet para a Secretaria da Fazenda do estado da empresa emitente responsável pela nota fiscal. Ao enviar uma NFe ao SEFAZ, é realizada a pré-validação do arquivo, sendo devolvido um protocolo de recebimento (Autorização de Uso), sem o qual não poderá haver o trânsito da mercadoria.

Nesse módulo também pode-se importar o XML de seus fornecedores com a ideia de facilitar a inclusão de dados em sua conta para assim, gerenciar melhor o fluxo de suas entradas em seu empreendimento.

Para emitir Nota Fiscal de Entrada é preciso:

  • Estar habilitado para a emissão de Notas Fiscais no SEFAZ do seu estado.
  • Ter o Certificado Digital configurado em sua conta. Saiba como configurar seu certificado digital.
  • Realizar a configuração da Natureza de Operação. Veja como configurar naturezas de operação.
  • Selecionar o ambiente de envio das Notas Fiscais (Homologação/Produção).

Passo a passo

1

O Tiny permite a emissão de notas fiscais de testes (sem valor fiscal) e notas fiscais com valor fiscais. Ao acessar Início → Configurações → Aba Vendas → Configuração da Nota Fiscal Eletrônica (NFe).

2

Nesse local, é possível definir o Tipo de ambiente da NFe. Você pode deixar em Homologação para testar a emissão de suas primeiras notas e após, trocar este ambiente para Produção, para assim, emitir notas fiscais com valor fiscal.

1

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada.

Você encontrará nesta tela, todas as notas fiscais previamente cadastradas, com suas respectivas situações (Pendentes, Registradas, Emitidas e Canceladas). Para cadastrar uma Nota Fiscal, clique no botão Incluir Nota Fiscal.

Após incluir os dados, é necessário salvar a nota fiscal.

2

Para poder enviar a nota fiscal ao Sefaz, acesse o Menu de contexto ao lado do número da nfe salva → Clique em Enviar para o SEFAZ.

Informações relacionadas

1

Acesse Suprimentos → Nota de entrada → Incluir nota fiscal.

2

A seguir, no campo Tipo de entrada selecione CT-e emitido por terceiros.

No campo Natureza de operação, informe a natureza de operação correspondente para a finalidade de conhecimento de transporte. Também devem ser preenchidos os campos Série, Número, Data de Emissão, Hora emissão. O campo Chave de acesso deve receber a informação da chave do CT-e.

3

Na seção Prestador, informe os dados daquele que prestou o serviço de transporte (a transportadora, por exemplo).

4

Preencha as informações nas seções Detalhes da Prestação, Cálculo do Imposto, Transporte e Pagamento.

5

Ao final, clique em Salvar.

1

Atenção!

Para poder importar os xmls emitidos por terceiros é necessário que possua o certificado digital do modelo A1 - Arquivo e esteja armazenado em nosso servidor.
2

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Mais ações e clique em Importar XMLs emitidos por terceiros.

3

A seguir, serão exibidos os últimos 50 eventos retornados pelo SEFAZ. Marque as Notas Fiscais que deseja importar e clique em Manifestar Notas Selecionadas e Importar XMLs.

4

Após isso, é apresentado a confirmação da importação dos xmls. Os xmls importados serão exibidos na listagem das notas de entrada.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Mais ações e clique em Importar XML da CTe.

Após, Selecione o arquivo e clique em Importar XML da CTe.

1

Acesse em Suprimentos → Configurações → Aba Suprimentos → Configurações dos Marcadores nas Notas Fiscais.

2

Acesse em Incluir marcador e adicione o marcador para as notas fiscais.

Observação:

Ao incluir o marcador, o mesmo será vinculado a uma cor de sua escolha para identificar as notas fiscais.
3

Depois de configurar, acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Marcadores.


Além disso, pode-se incluir os marcadores em lote. Para isso, Selecione as notas → Mais

e clique sobre Incluir marcadores.

4

Após inserção dos marcadores, é possível filtrar e localizar as notas de entrada com base nos mesmos, usando a opção de Filtros disponibilizada na tela de Notas de Entrada.

5

Caso seja necessário excluir um marcador, acesse Início → Configurações → Aba Suprimentos → Configurações dos Marcadores nas Notas Fiscais .


Agora, Selecione o marcador desejado → Clique em Excluir marcadores.

As instruções para realizar a formação de preços, encontram-se na ajuda Formação de Preços.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Cancelar NFe.

Atenção!

Para cancelar notas fiscais fora do prazo de cancelamento, pedimos que você entre em contato com sua contabilidade, para que esta possa lhe informar o procedimento correto a ser realizado.
1

Primeiramente, configure uma natureza de operação (tipo entrada). Caso não tenha configurado em sua conta, Veja como configurar: naturezas de operação.

2

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Incluir nota fiscal.

3

No campo Tipo de Entrada, selecione Emissão Própria.

4

Selecione a natureza de operação correspondente a Devolução (entrada), no campo Finalidade selecione Devolução/Retorno, e no campo Chave de acesso da NF-e referenciada informe a chave da nota que está devolvendo.

Informe os dados da nota, Salve a mesma e autorize no Sefaz.


Atenção!

Lembramos que, é importante consultar o seu CFOP junto à sua contabilidade. Pois, o mesmo deve ter finalidade de devolução. Caso o CFOP não tenha finalidade de devolução, você não deve preencher o campo Finalidade como Devolução/Retorno.
1

Primeiramente, configure uma natureza de operação. Caso não tenha configurado em sua conta, Veja como configurar: naturezas de operação.

2

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Incluir nota fiscal.

3

No campo Tipo de Entrada, selecione Importação.

4

Em Tipo de Pessoa, selecione a opção Estrangeiro.

5

Agora, preencha a Declaração de Importação no corpo da nota antes de incluir os itens, dessa maneira não será necessário informar os dados da mesma na aba Importação em cada item.

Atenção!

Os valores da Declaração de Importação poderão ser encontrados na DI e no Espelho da nota, fornecidos pelo seu despachante.
6

Caso seja necessário corrigir algum campo na seção Declaração de Importação realize a correção e após isso, na seção Itens utilize a opção Atualizar valores da DI para que os itens da nota sejam atualizados conforme os dados informados na seção Declaração de Importação.

Após essas configurações, prossiga com preenchimento dos demais campos para a emissão da nota.

Acesse Suprimento → Notas de Entrada e clique no botão Mais ações e selecione Inutilizar numeração.

Observação:

As numerações inutilizadas ficarão visíveis em Início → Ferramentas → Inutilizações de NFes.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Carta de correção.

Atenção!

A carta de correção somente poderá ser transmitida quando vinculada à uma NFe autorizada, visto que não é possível editar/corrigir uma NFe cancelada.
1

A manifestação do destinatário, é o conjunto de eventos e como o próprio nome já sugere, permite que o destinatário da NF­e possa se manifestar sobre a sua participação comercial descrita na NF­e, confirmando as informações prestadas pelo seu fornecedor e emissor do respectivo documento fiscal.

Este processo é composto de quatro eventos:

  1. Ciência da Emissão<
  2. Confirmação da Operação
  3. Registro de Operação não Realizada
  4. Desconhecimento da Operação

Atenção!

No Tiny será possível trabalhar com a manifestação junto a estes quatro elementos.
2

Para realizar a manifestação, acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Manifestação.

Observação:

Para poder manifestar a Nota Fiscal de entrada, a mesma precisa ter sido importada no Tiny, pelo seu devido XML.
1

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe e clique em Outras opções.

2

Na tela a seguir, acesse a opção Consultar situação da NFe.

Atenção!

Caso a nota fiscal tenha sido recebida e sua utilização autorizada pelo Sefaz, a situação da nota fiscal será modificada para Autorizada. Caso não tiver sido autorizada pelo Sefaz, a situação da nota fiscal voltará para a situação Pendente, permitindo assim, que você envie-a novamente ao Sefaz.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe e clique em NFe Complementar.

Atenção!

É sempre importante verificar com a sua contabilidade se é necessário trabalhar com Nota Fiscal Complementar ou Carta de Correção, pois ambas são documentos distintos.

Imprimir DANFE:

  1. Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Selecione as notas que deseja imprimir → Clique no botão "Imprimir DANFEs."
  2. Como também, é possível imprimir DANFE das notas autorizadas, acessando Suprimentos → Notas de Entrada e clique no botão Mais AçõesImprimir DANFEs autorizadas.

Para imprimir a tabela das Notas Fiscais de Entrada:

  1. Suprimentos → Notas de Entrada → Mais ações → Imprimir relatório.

Para imprimir etiquetas:

  1. Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Imprimir etiquetas.
  2. Outra maneira para realizar a impressão, se encontra em Suprimentos → Notas de Entrada → Selecione a nota → Ações → Imprimir etiquetas.

Quanto à DANFE, há opção de salvar a mesma em PDF, será possível nas notas que estiverem com o "Tipo de entrada" selecionado com uma das opções: Emissão própria ou Importação. Para isso, basta acessar o Menu de contexto, ao lado da nota fiscal → Salvar DANFE em PDF

.

1

Na seção Dados adicionais selecione em qual depósito de estoque será realizado o lançamento de entrada.

Observação:

Quando realizar o lançamento de estoque das notas fiscais em lote, a entrada será realizada no depósito selecionado nas notas fiscais.
2

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Lançar estoque.

3

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Selecione as notas fiscais → Ações → Lançar estoque.

4

Ao clicar na opção Lançar estoque, será exibida a tela a seguir, sendo possível escolher o Depósito que ocorrerá o lançamento de estoque. No campo Produto para lançar estoque, clique no Menu de contexto e acesse a opção Editar dados do produto.


Agora, preencha os campos para incluir o produto novo e ao final, clique em Salvar produto.


O vínculo será realizado, após isso, clique em Lançar estoque.

5

Para vincular o estoque a um produto existente, clique no menu de contexto e acesse a opção Vincular a produto existente.


Agora, no campo Produto a vincular busque pelo produto já cadastrado em sua conta. Após isso, clique em Vincular Produto.


Para concluir o processo de vinculação do produto, é necessário clicar em Lançar Estoque.

6

Caso não queira lançar estoque de todos os produtos presente na nota, no campo Produto para lançar estoque clique no Menu de contexto e selecione a opção Não lançar estoque.

Ao demais produtos que será lançado o estoque, selecione o depósito e clique em Lançar estoque.

7

Para vincular o estoque a produtos com variações, no campo Qtde para estoque informe a quantidade estoque para cada variação.

Observações:

  1. Para configuração de estoque acesse Início → Configurações → Aba Suprimentos → Configurações de Estoque.
  2. Somente é possível editar notas fiscais que não possuam lançamento de contas e/ou estoque realizados e que não tenham sido autorizadas no Sefaz.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota e clique Estornar estoque.

Atenção!

Somente as notas que não foram integrados aos módulos financeiro e/ou estoque podem ser editados.
1

Acesse Suprimentos → Notas de entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nota → Lançar contas.

2

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Selecione as notas → Ações → Lançar contas.

Observações

  1. As configurações de lançamento de contas poderão ser efetuadas em Início → Configurações → Aba Finanças → Configurações Gerais.
  2. Somente é possível editar notas fiscais que não possuam lançamento de contas e/ou estoque realizados e que não tenham sido autorizadas no Sefaz.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe e clique em Estornar contas.

Atenção!

Somente as notas fiscais que não foram integrados aos módulos financeiro e/ou estoque podem ser editados.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Clonar nota.

Observação:

Além da opção para clonar uma nota fiscal, o Tiny disponibiliza a opção de gerar uma nota fiscal de entrada usando os dados de uma nota fiscal de venda, através do recurso de clonar para uma Nota de entrada. Esta ação é possível ao clicar no Menu de contexto ao lado da nota fiscal de saída e selecionar Clonar para entrada.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Excluir nota.


Além deste caminho de exclusão individual de nota fiscal, é possível excluir várias notas fiscais ao mesmo tempo, acessando Suprimentos → Notas de Entrada → Selecione as notas que deseja excluir e clique no botão Excluir notas.

Também é possível excluir notas fiscais em massa ao agendar uma tarefa de Exclusão de Registros, acessando Início → Ferramentas → Agendar Tarefas de Backup ou Exclusão de Registros → Incluir uma tarefa → Tipo de Tarefa e clique Exclusão de Registros.

Notas fiscais que possuam estoque e/ou contas lançadas, não terão os lançamentos gerados a partir da nota fiscal eliminados de forma automática pelo sistema. Caso você queira excluir os lançamentos de estoque e/ou financeiros gerados a partir da nota fiscal que está sendo excluída, você pode usar as funções para estornar estoque e estornar contas antes de excluir a nota fiscal.

Dica: antes de realizar a exclusão de notas fiscais e/ou outros documentos, é importante obter o backup destes. Para tanto, acesse Início → Ferramentas → Agendar Tarefas de Backup ou Exclusão de Registros → Incluir uma tarefa → Tipo de Tarefa e clique Backup.

1

Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto ao lado do número da nfe → Enviar por e-mail.

2

Para adicionar mais um e-mail de envio, separe por vírgula e insira o e-mail, sem espaços.

Observação:

A configuração para que a DANFE seja enviada em formato PDF pode ser realizada em Vendas → Configurações → Configurações da Nota Fiscal Eletrônica (NFe) → Enviar PDF em anexo no envio de e-mails. Neste local, também pode ser definido se a DANFE será enviada no corpo do e-mail. Pode-se definir os textos padrão para o envio de notas fiscais por e-mail, acessando Vendas → Configurações → Configurações do Envio de Documentos → DANFE.

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Enviar Pendentes.

Observação:

A função de envio de Notas Fiscais em lote também permite o envio de e-mail com as DANFEs e XMLs das NFes aos respectivos clientes.
1

Acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique em Importar XML da NFe. Após isso, procure o arquivo XML a ser importado em sua conta.

Ao importar XML, a data de emissão da NF e a data de entrada serão as constantes no XML.

Observação:

Para importar o XML em lote das notas de entrada já emitidas por sua empresa, acesse em Início → Ferramentas → Importações → XMLs em Lote.
2

Quando o XML da nota de entrada vier com a informação da ordem de compra preenchido no campo xPed, será identificado o vínculo da ordem compra com a nota fiscal. A ordem de compra terá sua situação alterada para "Atendida.

O marcador abaixo, identifica que a nota de entrada foi vinculada a uma ordem de compra.

Observação:

Ao clicar sobre o marcador, será exibida a ordem de compra vinculada com a nota de entrada.
1

Observação:

Este vínculo ocorre automaticamente quando o XML da nota de entrada vier com a informação da ordem de compra preenchido no campo xPed, será identificado o vínculo da ordem compra com a nota fiscal. A ordem de compra terá sua situação alterada para Atendida.
2

Caso o XML da nota de entrada não esteja com o campo xPed preenchido, é possível realizar o vínculo manualmente. Para isso, acesse Suprimentos → Notas de Entrada → Clique no menu de contexto da nota → Vincular ordem de compra.

3

A seguir, utilize as opções de Filtros para localizar a ordem de compra. Selecione a ordem e clique em Vincular ordem de compra.

Entre em Suprimentos → Notas de Entrada → Mais ações → Clique em Exportar XML das NFes.

Observação:

Além desta opção, é possível exportar suas Notas Fiscais para uma planilha, acessando Suprimentos → Notas de Entrada → Mais ações → Exportar NFes para planilha.

Grátis por 30 dias em qualquer plano.

experimente agora